Como se proteger do coronavírus

,, ,,

Segundo a OMS, os secadores de mãos não são eficazes para matar o novo coronavírus. Uma vez limpos, eles podem ser secos com toalhas de papel ou o secador de ar quente. "A principal terapia é o apoio", diz Nathanael Adiwardana, vinculado ao Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Ele ressalta que, no caso de sintomas que causam algum sofrimento ao paciente (como febre, dor no corpo ou falta de ar), existem componentes e máquinas de medicamentos que podem eliminar esse desconforto.

,

Casos suspeitos leves que não requerem hospitalização podem ser seguidos pela Atenção Básica, que estabelece medidas de precaução em casa. Recomenda-se que apenas pessoas com sintomas mais graves de doenças respiratórias procurem atendimento médico na sala de emergência. Os sintomas graves são batimento cardíaco acelerado, pressão arterial baixa, temperaturas altas ou muito baixas, confusão mental, falta de ar, desidratação grave.

,

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que a pandemia está ocorrendo tanto em países com clima mais frio (o caso da Itália e na China) quanto em locais mais quentes, como as regiões do Brasil e da Austrália. Se aparecerem sinais suspeitos (tosse e até febre leve), fique em casa, evite contato próximo com familiares e entre em contato com um médico. Ao retornar de um local com um surto ativo, fique especialmente atento aos sintomas desta doença respiratória por 14 dias. Se você estiver doente ou tiver febre e sintomas respiratórios, não vá trabalhar. Os oficiais nunca devem cobrar pessoas doentes pelo serviço.

,

Em uma situação de teste positivo, é indicado que o indivíduo descanse e beba bastante água. Além disso, é necessário evitar o contato com outras pessoas e buscar isolamento em casa. Segundo a OMS, 80% das pessoas se recuperam sem a necessidade de tratamento especial.

,

Gerentes e trabalhadores de saúde, assim como a população em geral, poderão conhecer facilmente a situação da saúde nos estados e no Brasil. O governo federal tomou várias ações para monitorar e melhorar a capacidade do país de agir diante do episódio na China. O diagnóstico do novo coronavírus é feito através da coleta de materiais respiratórios com potencial de aerossolização (aspiração das vias aéreas ou indução de escarro). É necessário coletar duas amostras em caso de suspeita de novo coronavírus. Ambas as amostras serão enviadas com urgência ao Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública).

,

O que acontece é que o medicamento interferon alfa 2B é um antiviral, que já foi usado no tratamento da hepatite C. O consultor científico da BioCubaFarma, responsável pela fabricação do medicamento, Luis Herrera Martínez, disse em entrevista à televisão cubana que o interferão alfa 2B é eficaz contra vírus com características semelhantes às do novo coronavírus. E que o medicamento está sendo usado no país para impedir que os casos progridam para condições graves. Ele foi isolado em casa e as pessoas que tiveram contato com o paciente são monitoradas. O vírus pode ser transmitido por pacientes sintomáticos por um período de 14 dias.

,

Alguns pacientes com câncer já têm a indicação de usar este acessório em locais com muitas pessoas. Ou seja, não há nada mais propício para isso do que muitas pessoas ao seu redor. Por esse motivo, no cenário atual, medidas intensivas de higiene e circulação restrita e contato social são os pilares mais efetivos para interromper o progresso da doença. Já existem evidências de que o novo coronavírus ainda pode ser transmitido através das fezes. "Sabemos, no entanto, que já é bem-sucedido na forma mais fácil de transmissão, a via aérea", diz Granato.

,

  • O serviço visa ajudar a bloquear a propagação da doença, pois permite que os pacientes com suspeita de infecção evitem ir a locais públicos e entrar em contato com um grande número de pessoas.
  • Em 17 de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou que as pessoas não usassem o ibuprofeno, substância encontrada nos medicamentos anti-inflamatórios, para tratar os possíveis sintomas do Covid-19.
  • Este teste é indicado apenas para pacientes sintomáticos (febre e tosse) que retornaram de uma recente viagem internacional nos últimos 14 dias.
  • Veja as respostas que os especialistas deram ao Fantástico e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto.

,

Clinicamente, não há como diferenciar o novo coronavírus de uma gripe comum. Então você suspeita da coroa no momento em que apresenta sintomas mais graves. Além de um certo grau de falta de ar ou febre por um longo período ", explica o especialista. Se o paciente com câncer apresentar sintomas relacionados ao coronavírus, deve procurar um hospital o mais rápido possível.

,

A recomendação para as mulheres grávidas é evitar a superlotação e seguir as outras diretrizes para evitar o contágio. As pessoas tendem a permanecer em ambientes menos ventilados e a contrair doenças respiratórias, como resfriados. O Ministério da Saúde está habilitando todos os leitos de UTI solicitados pelos governos estaduais e municipais, além de contratar o aluguel de outros 2.000 leitos. A operação dos centros de saúde com horário prolongado e a ligação de mais de 5.000 médicos por meio do programa Mais Médicos também fazem parte do planejamento do portfólio para garantir atendimento. A adoção de padrões de higiene respiratória e a obediência às diretrizes em cada local é essencial para evitar a disseminação do Covid-19.

,

O ministério observa que as pessoas podem ou não ter febre. O hospital deve ser a última alternativa, quando o caso for mais grave. Jarbas Barbosa, vice-diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), braço da OMS na América Latina, informou em 5 de março que uma nova vacina poderia estar pronta em 12 a 18 meses, em uma expectativa otimista. Enquanto isso, um medicamento deve ser desenvolvido para aliviar os sintomas em menos tempo.

,

Segundo o especialista em doenças infecciosas da USP Esper Kallás, pessoas com condições leves devem receber orientação para ficar em casa com remédios para sintomas, hidratação e repouso. A falta de ar progressiva é um sinal de infecção grave pelo novo coronavírus. Os médicos pedem cautela, pois as pessoas evitam os pronto-socorros em casos não urgentes para reduzir o risco de contaminação, tanto do próprio paciente, que pode ter apenas um resfriado quanto acabar recebendo o coronavírus no hospital, bem como de outras pessoas. . A OMS recomenda o uso racional de máscaras descartáveis para evitar desperdícios, ou seja, use-as apenas em caso de sintomas respiratórios, suspeita de infecção por coronavírus ou no caso de profissionais que lidam com casos suspeitos. No caso de um novo cenário, no qual a transmissão é alta, mudanças de comportamento e rotina serão essenciais para lidar com o coronavírus.

, O que fazer se você tiver coronavírus ,

A BBC News Brasil coletou 29 perguntas que surgiram desde o início do surto. Há perguntas sobre os sintomas, o que fazer em caso de suspeita da doença, conselhos compartilhados nas redes sociais, taxa de mortalidade, formas de prevenção, impacto econômico e disseminação do vírus no Brasil, entre outros tópicos.